Calcule quanto acumular para se aposentar com conforto

Primeiro passo: determine a renda com a qual quer se aposentar

Todo educador financeiro costuma dar o mesmo conselho a quem inicia um pé-de-meia: estabeleça uma meta e um prazo para alcançá-la. Assim fica mais fácil você se motivar a fazer pequenos ajustes na rotina que são necessários para adotar um padrão de vida mais econômico. Mas quando se trata da aposentadoria, como estipular uma meta?  Como calcular quanto é preciso acumular para manter o padrão de vida ao longo de 20, 30, e até 40 anos depois que se parou de exercer um trabalho remunerado?

A administradora Graziela Fortunato, professora da Fucape Business School diz que, primeiro, é preciso determinar a renda com a qual você quer se aposentar. Depois, é preciso considerar a idade atual e quanto tempo levará para chegar à aposentadoria. Quanto mais jovem o investidor, menor será o valor economizado a cada mês. “O maior erro é deixar para muito tarde tal planejamento. Muitas vezes as pessoas desanimam, pois acham que não irão conseguir atingir a meta”, diz Graziela.

Para o consultor financeiro Humberto Veiga, doutor em economia pela Universidade de Brasília e autor do livro “Tranquilidade Financeira – Como investir no seu futuro”, o “passo zero” é calcular os gastos atuais. Desse valor, você pode excluir os gastos que não irá manter depois da aposentadoria e os que estima que irá adicionar, como mensalidades de planos de saúde, que ficam mais altas com o passar da idade. “Você pode fazer uma pesquisa com operadoras de planos de saúde para orçar esses gastos”, sugere.

O passo seguinte é colocar no papel os gastos extraordinários, como lazer e esportes, e fazer uma estimativa mensal. Ao final, chegando ao valor total dos gastos por mês, multiplique por 12. Pronto: esse é o dinheiro que você precisa durante um ano inteiro. Desse valor, você pode descontar o quanto receberá do INSS quando se aposentar, para ver o valor que, efetivamente, você precisa acumular para cada ano de aposentadoria.

Considere que o dinheiro vai render 4% ao ano, já descontada a inflação, e multiplique o total anual pelo multiplicador abaixo, que corresponde à sua expectativa de vida:

          Anos de vida após a aposentadoria

         Fator multiplicador

                                 20

                 14,13394

                                 30

                 17,98371

                                 40

                 20,58448

Então, suponha que você chegue à conclusão de que precisa acumular o equivalente a R$ 500,00 ao mês para ter uma vida tranquila na aposentadoria – ou seja, R$ 6 mil ao ano. Para ter esse valor durante três décadas, por exemplo, será preciso acumular R$ 108 mil (R$ 500,00 x 12 meses X 17,98371).  Aí está a sua meta. E, acredite: um pouco por mês e você pode atingi-la.

 

Tags: aposentadoria conforto poupar

Veja mais