Erros que você deve parar de cometer ao chegar no trabalho

Suas primeiras ações são essenciais para não sabotar o resto do dia

Parece que não, mas os primeiros minutos do seu dia de trabalho são fundamentais para que as próximas oito horas sejam produtivas. Se você chega atrasado ou se atrapalha diante de uma caixa de e-mail lotada, pode facilmente perder o foco do que é realmente importante. O site Bussiness Insider listou as armadilhas mais comuns. Fique de olho para não cair em nenhuma delas:

1.Chegar atrasado: você sabota seu dia antes de começá-lo. Estudos mostram que os chefes tendem a ver funcionários que entram mais tarde como menos conscientes e avaliá-los de maneira pior-mesmo que essas pessoas saiam mais tarde também.

2. Não cumprimentar direito seus colegas: o clima no escritório fica mais agradável simplesmente se você conversa com os outros. Caso seja gestor e não dê um “bom dia” para a equipe, sua falta de habilidade com pessoas vai acabar minando sua competência técnica. É o que defende Lynn Taylor, especialista em ambiente de trabalho. E mesmo se você não é o chefe: sentar na sua mesa em silêncio, faz que pareça menos acessível para seus colegas.

3. Beber café: uma pesquisa sugere que o melhor momento para beber café é só depois das 9h30. Isso porque o hormônio do stress – cortisol – que regula a energia, geralmente chega a picos entre 8h e 9h. Quando você bebe café durante esse tempo, o corpo começa a produzir menos cortisol – e você depende mais da cafeína. Somente quando seus níveis de cortisol começarem a declinar, depois das 9h30, que você precisa de um impulso.

4. Responder todos e-mails da caixa de entrada: uma vez que senta à mesa, é tentador querer resolver todas as mensagens que chegaram durante o fim da tarde e à noite. Mas segundo Michael Kerr, especialista em carreira, os primeiros minutos da jornada de trabalho devem ser gastos olhando de forma panorâmica e elencando as mensagens por prioridade. Assim, você pode ver se há algo urgente e responder o resto mais tarde. “Verificar e-mail é uma daquelas tarefas que fazem você sentir como se estivesse resolvendo questões importantes, mas o perigo é que você pode estar dedicando tempo demais a tarefas que não são prioritárias”, diz Kerr.

5. Começar a trabalhar sem um cronograma preliminar em mente: anote rapidamente o que você tem para fazer. Durante o dia, continue olhando para a lista. Dessa forma, você não é surpreendido pela notificação de uma reunião que nem lembrava pipocando na tela.

6. Fazer as tarefas mais fáceis primeiro: uma pesquisa mostra que sua energia e sua força de vontade tendem a diminuir conforme o dia passa. É por isso que é crucial tirar tarefas importantes e complicadas do caminho o mais rápido possível.

7.Querer fazer muitas coisas ao mesmo tempo: justamente por ter mais energia de manhã, é normal querer fazer um milhão de coisas ao mesmo tempo. Mas um estudo sugere que isso pode prejudicar seu desempenho – melhor fazer uma coisa de cada vez.

8. Alimentar pensamentos negativos: não importa se foi o trânsito ou a briga em casa na noite anterior – não deixe que essas coisas distraiam sua atenção. Taylor sugere que você coloque os pensamentos negativos em “uma caixa” para mais tarde.

9. Ter uma reunião: de acordo com Laura VanderKam, autora de “What the Most Sucessfull People Do Before Breakfast” (O que as pessoas mais bem-sucedidas fazem antes do café da manhã), o início da manhã deve ser reservado para tarefas que exigem foco e concentração, como a escrita. Faça reuniões quando estiver com menos energia, como no meio da tarde.

10. Não seguir uma rotina: cientistas dizem que seus recursos cognitivos são limitados, por isso você deve usá-los sabiamente. Não é bom gastar muito tempo decidindo o que vai fazer. Isso não significa que planejamento não seja importante – pode fazer parte da rotina. Se você já sabe o que tem de fazer quando chega, gasta menos energia mental. Ou como defende Charles Duhigg, autor de “O poder do hábito”: “A rotina basicamente nos dá liberdade mental para pensar sobre o que é realmente importante. Dessa forma, não temos de pensar em todos aspectos mundanos da vida”.

Fonte: Época Negócios

Tags: carreira mercado de trabalho organização trabalho

Veja mais