Fogão ou micro-ondas? Veja a melhor alternativa para economizar na cozinha

Não costumamos olhar para a maneira que preparamos as refeições de uma forma mais crítica, buscando economizar

Na hora de preparar os pratos que vão ser consumidos pela família, pouca gente pensa em qual é a melhor solução, do ponto de vista do orçamento doméstico. Não costumamos olhar para a maneira que preparamos alimentos de uma forma mais crítica, buscando economizar. Mas existem diferenças no consumo se você decidir cozinhar no fogão – usando gás encanado ou botijão – ou no micro-ondas.

Segundo especialistas, para fazer a escolha certa, é preciso avaliar as necessidades da sua casa. O professor e especialista em gestão de finanças Marcos Assi ajuda a analisar os prós e contras de cada uma das opções:

Gás de botijão
Para quem mora em casa, o consumo é livre. Mas em apartamentos, por questão de segurança, ele geralmente é proibido. “A praticidade que esse tipo de gás oferece é a principal vantagem. Ele não requer nenhuma adaptação no fogão para ser usado, por exemplo. Mas, em geral, não é tão econômico quanto o gás encanado”, explica Marcos. O botijão também ocupa bastante espaço, já que precisa ser instalado em um lugar arejado, de preferência fora de casa, para prevenir acidentes em caso de vazamentos.

Micro-ondas
O aparelho é capaz de aquecer alimentos rapidamente, a um baixo custo, já que não consome muita eletricidade. A limpeza também é mais fácil, em relação ao fogão. O único ponto negativo é que o micro-ondas, em muitos casos, altera o sabor e até mesmo a textura dos alimentos. Por isso, é essencial conferir se a receita pode ser mesmo preparada no aparelho antes de arriscar.

Gás encanado 
A segurança é a grande vantagem desse tipo de gás. Como ele é mais leve que o ar, em caso de vazamento, se dissipa rapidamente. Ele também é bastante econômico, já que o fornecimento é contínuo e o consumidor só paga o que usa. E, segundo a Companhia de Gás de São Paulo, estar sempre atento às características da chama também é uma forma de garantir o bom uso do recurso. Quanto mais azul ela for, maior a economia, já que este é um sinal de que o gás está sendo utilizado corretamente. Por outro lado, nem todos os bairros são abastecidos com esse tipo de gás e é preciso fazer adaptações no fogão para utilizá-lo.

Outras dicas para gastar menos na cozinha
A nutricionista Rosineia Aparecida Bigueti tem outras orientações valiosas para quem deseja preparar os alimentos gastando o mínimo possível. Ela garante que esses pequenos cuidados podem ajudar a aliviar o orçamento doméstico, sem precisar fazer nenhum tipo de corte ou restrição. Anote aí!

Prepare várias refeições de uma vez só
Que tal cozinhar um prato que está acostumado a fazer, usando o dobro de ingredientes? Depois, é só congelar em pequenas porções, para usar conforme a necessidade. Assim, com praticamente o mesmo tempo de cozimento, você faz um volume muito maior de comida. Ao usar o forno, também é interessante colocar mais de um prato para assar.

Evite reaquecer os alimentos
Tente programar as refeições nos horários em que a família está reunida. Além de ser uma ótima maneira de confraternizar, é um bom jeito de economizar. Afinal, você vai esquentar os pratos só uma vez, antes de servir.

Use bem a panela de pressão
Alimentos que requerem maior tempo de preparo podem ser cortados em pedaços pequenos e, assim, vão cozinhar mais rápido. Além disso, quando a panela pegar pressão, uma estratégia é abaixar o fogo. “O alimento vai continuar cozinhando da mesma forma e você ainda vai economizar gás”, diz Rosineia.

Fuja do desperdício
Assim como água e a luz, o gás precisa ser utilizado com consciência. É preciso saber quando acender a chama e em que nível ela deve ser utilizada (alta, média ou baixa), de acordo com o prato que se está preparando. “Nunca deixe o fogo acesso sem panela, enquanto fala ao telefone ou atende a porta, por exemplo”, finaliza o professor em gestão de finanças, Marcos Assi.

Tags: alimentos alternativa cozinhar economia fogão gás micro-ondas panela de pressão refeições

Veja mais