Pensando em se aposentar? Planeje-se

Estabeleça metas e determine seu alvo

Muita gente sonha com o dia em que não precisará mais bater o cartão de ponto e poderá levar a vida mais tranquila. Porém, à medida que a aposentadoria se aproxima, chega também uma sensação de inquietude. Como será viver sem os compromissos de trabalho?  

“É muito difícil se acostumar com a ideia de não ser mais produtivo – o que, para o nosso tipo de sociedade, significa trabalhar para ganhar dinheiro. Um trabalho voluntário, por exemplo, não se encaixa nesse conceito. Por isso, é importante se preparar antecipadamente para esse momento”, diz o educador financeiro Mauro Calil, diretor da Academia do Dinheiro, escola de educação financeira e formação de patrimônio. Ele sugere que o aposentado aproveite o momento para encarar novos desafios, como montar o próprio negócio, fazer os cursos ou viagens com que sempre sonhou ou dedicar-se a trabalhos voluntários. Sabendo que, qualquer que seja o projeto, é preciso fôlego financeiro para mantê-lo.

Contudo, se a aposentadoria não for bem planejada, a vida financeira pode sofrer um abalo nesse período, diz o especialista. “A maioria das pessoas começa a pensar na aposentadoria quando ela é iminente e aí é que o bicho pega, concorda Silvio Bianchi, educador financeiro da DSOP, São Paulo. Segundo Bianchi, o tempo mínimo desejável para planejar a aposentadoria é de 15 anos. Aqui vão algumas sugestões de como você pode se planejar para ter uma aposentadoria tranquila:

Estabeleça uma data
Saber quando pretende se aposentar é a resposta chave para um bom planejamento. Para ter uma boa poupança, alguns anos podem significar uma enorme diferença. Após as contas feitas, fixe uma data como ponto de partida. Ela sempre poderá ser mudada se for necessário.

Determine um alvo financeiro 
Quanto deseja ter de renda mensal na aposentadoria? Para chegar a uma resposta, comece por fazer uma estimativa dos seus gastos no futuro, baseando-se na sua planilha de despesas do presente. Para saber o quanto gasta hoje, anote todas as suas despesas, até o cafezinho de todas as tardes. Depois de três meses, terá informações concretas de seu gasto atual. Ao planejar o futuro, subtraia os gastos que você provavelmente não terá ao se aposentar (como gasto com transporte até o trabalho) e acrescente os que planeja ter no futuro (viagens e cursos, por exemplo). Analistas afirmam que para manter o mesmo padrão de vida durante a aposentadoria, será necessário receber o equivalente a 80% da renda atual.

Saiba com quanto poderá realmente contar por mês
Agora que você já sabe o quanto vai precisar receber no futuro, faça as contas para saber o quanto deverá ter de renda mensal para viver sem apertos. Para ter uma ideia, some seu futuro benefício do INSS (que você poderá descobrir fazendo uma simulação no site da Previdência Social), mais a complementação de seu plano de previdência e outros, como aluguel de um imóvel, se tiver. Compare com seu saldo mensal atual e veja se tem de investir mais para atingir seu objetivo.
 

Tags: aposentadoria futuro INSS

Veja mais