Pretende comprar um imóvel? Fique atento para não fazer mau negócio

Fique atento a alguns sinais que podem indicar que o imóvel não é tão bom quanto o corretor insiste em afirmar

Você adorou a casa ou apartamento e o preço ainda está de acordo com o que você gostaria de gastar. Porém, alguma coisa lhe diz que fechar negócio, naquele momento, pode não ser uma boa opção. Nestes casos, ouvir a intuição pode ser uma medida interessante para evitar dores de cabeça futuras. O que muitos chamam de sexto sentido é, na maioria dos casos, apenas um alerta da nossa razão, que tenta nos fazer pensar melhor, em vez de deixar a emoção dominar.

“O ideal é não agir por impulso, mas observar sempre, com muita atenção, os aspectos técnicos do imóvel, que são importantíssimos”, diz Marco Dal Maso, Diretor de Negócios Imobiliários da Associação de Administradoras de Bens Imóveis e Condomínios (AABIC) e diretor comercial da Mario Dal Maso Empreendimentos Imobiliários. Para se precaver, fique atento a alguns sinais que podem indicar que o imóvel não é tão bom quanto o corretor insiste em afirmar. Confira as dicas para não cair em armadilhas:

1. Preço muito baixo
O valor de um imóvel no mercado geralmente está vinculado a dois fatores importantes: a localização e o nível da construção. “Se a casa está em excelentes condições e em uma área valorizada e, mesmo assim, o preço está muito abaixo do mercado, é bom desconfiar”, alerta Dal Maso. Pior ainda se o imóvel está em oferta há muito tempo. Nesses casos, é muito comum que o preço baixo esteja relacionado com problemas de documentação: dívidas de impostos atrasados, hipotecas não saldadas, financiamentos que não foram pagos e assim por diante.

2. Várias casas ou apartamentos para vender ou alugar em volta
Isso geralmente acontece quando o imóvel está localizado em um bairro afastado ou sem infraestrutura adequada. Nesse caso, é melhor não arriscar a compra, ainda que o corretor prometa de pés juntos que o local tem potencial para crescer e se modernizar. Também vale visitar o imóvel várias vezes, em horários diferentes, a fim de saber como é o cotidiano da vizinhança. Se passar por lá à noite e descobrir que os restaurantes e bares próximos ficam lotados, esse provavelmente é o motivo pelo qual os antigos moradores estão querendo se mudar. Enchentes e roubos frequentes também fazem com que casas em áreas nobres sejam passadas adiante, até com valores mais baixos do que os praticados no mercado.

3. Decoração chamativa
Um imóvel muito bem decorado pode estar escondendo defeitos na pintura ou até mesmo problemas sérios, estruturais. Na dúvida, peça ao corretor para afastar um ou outro móvel (se houver) e faça uma inspeção minuciosa. Observe se há trincas nas paredes ou afundamento de piso, se há mofo ou manchas nas paredes, se as tomadas, interruptores e se o quadro de distribuição da rede elétrica têm avarias. Também vale procurar sinais de vazamentos nos banheiros, na cozinha e na área de serviço.

4. Áreas comuns deterioradas
O apartamento em vista foi todo reformado e está uma beleza. Em compensação, as áreas externas do condomínio estão bem judiadas. Há um brinquedo quebrado no playground, as pastilhas da fachada estão caindo, os interfones estão quebrados e a iluminação, deficiente. Todos são indícios de que os condôminos não se interessam em melhorar as instalações do prédio.  Neste caso, vale a pena repensar a opção de investir ali, já que a tendência é que o imóvel, nos próximos anos, se desvalorize cada vez mais.

5. Corretor contador de vantagens
Se o vendedor insiste em falar dos pontos positivos do imóvel e não responde com objetividade às suas questões, esse é um motivo forte para não fechar negócio antes de submeter toda a documentação disponível a um advogado especializado. Outra providência que você pode tomar, para não levar gato por lebre, é pesquisar a idoneidade da construtora, utilizando o CNPJ da empresa. Só por desencargo, vale fazer também uma consulta à Fundação Procon de Proteção e Defesa do Consumidor. Por último, peça ajuda de um especialista para se certificar sobre a qualidade dos materiais e equipamentos que serão utilizados na obra, como elevadores, pisos, azulejos e pias. Essas informações constam no memorial descritivo do imóvel.

Tags: apartamento casa compra decoração detalhes financiamento imóvel negócio preço

Veja mais