Qual melhor fundo de investimento para aplicar o saldo do FGTS?

Para quem não tem dívidas, o saldo das contas inativas pode ser direcionado para um investimento que traga retornos mais atrativos

Luciana Seabra, especialista em Fundos de Investimesntos da Empiricus Research, mostra três alternativas de aplicação para o dinheiro do Fundo de Garantia.

Opção 1: Você já tem uma reserva de emergência?
Se sua resposta for sim, pule para a opção 2. Se sua resposta é não, a dica é começar uma uma. Uma reserva de emergência funciona melhor que melatonina.

O cálculo é simples. Se você tem um emprego estável e não tem muitos dependentes, multiplique seu salário por três. Esse valor deve ser suficiente para protegê-lo de uma eventualidade. Se sua empresa está abalada com a crise, seu emprego está na linha de fogo. Quem tem filhos, deve acumular em um investimento líquido algo mais próximo de um ano de salário.

Nesse caso, uma opção é investir em um fundo DI que invista somente em títulos públicos. Existem alternativas em plataformas on-line com taxa menor que 0,3% ao ano. Também dá pra falar com o gerente da sua conta e ter buscar opções de investimento com taxa menor do que 1% ao ano.

Opção 2: Você tem plano de previdência complementar e faz a declaração completa do IR?

Sim? Então, vá para a opção 3

Não? A previdência complementar é uma excelente opção para invetir neste recurso. No caso das entidades fechadas, é possível realizar contribuições adicionais, aumentando seu saldo de conta e ainda tendo a possibilidade de deduzir até 12% do valor no IR. Consulte o regulamento do seu fundo de pensão e ver como funciona essa modalidade.

Opção 3: Está disposto a abrir mão desse dinheiro por 3 a 5 anos?

Sim? Se você já tem uma reserva de emergência e está com sua aposentadoria devidamente planejada, podemos correr certo risco com esse dinheiro do FGTS, certo?

Proponho que você componha um excelente multimercado com um ótimo fundo de ações na proporção de 4 para 1. Com 5 mil reais você já consegue montar esse mix: 4 mil no multimercado, 1 mil no fundo de ações.

Você tem uma quantia maior no FGTS? Sugiro três fundos multimercados com perfis diferentes: um que se posiciona para grandes teses de longo prazo, outro que opera mais nas distorções de curto prazo, um tereceiro que seja mais global.

E então some dois fundos de ações. Coloque 90% do patrimônio em um fundo que privilegia empresas consolidadas e os 10% restantes em um mais arrojado, que seja bom em encontrar oportunidades que ninguém vê.

Fonte: Empiricus Research

Tags: contas inativas dinheiro FGTS futuro investimentos

Veja mais