Sonha em viajar de navio? Veja como concretizar esse desejo com economia

Os famosos cruzeiros têm se tornado cada vez mais acessíveis a todos os tipos de bolsos

A temporada de cruzeiros marítimos no Brasil costuma ter início em novembro e se estender até abril do ano seguinte. A principal vantagem deles em relação às viagens de avião, por exemplo, é que você conhece pelo menos dois destinos em uma única viagem.

“Para as pessoas que têm menos tempo de férias, pode ser uma ótima escolha. Em uma viagem de apenas quatro dias, o turista conhece ao menos dois destinos diferentes, passando um dia em cada um deles”, diz Juliana Borges, agente de viagens da empresa Meu Mundo Viagens.

Ao fechar um pacote, as refeições já estão inclusas e, para maior comodidade, você pode incluir até água e refrigerantes no pacote. “Escolha bem o roteiro e pague a maior quantidade possível de serviços antes da viagem. Assim, você já entrará no navio sabendo com que quantia poderá contar para fazer compras ou passeios nas cidades em que desembarcará”, indica Luciana Leão, coordenadora do curso de Turismo da Faculdade Anhanguera de Niterói, Rio de Janeiro.

As viagens de navio têm se tornado cada vez mais acessíveis a todos os tipos de bolsos e, seguindo as dicas das especialistas, você pode torná-las ainda mais econômicas. Confira:

Viaje em novembro, março ou abril – Nesses meses, fora das férias escolares, os valores são sempre melhores. Além disso, quem viaja em novembro pega os free shops com maior variedade de produtos.

Cabine garantida – Existe uma promoção em que você compra uma cabine, mas não escolhe a localização dela no navio. Ou seja, você fica com a cabine que sobrar. Essa promoção pode até parecer uma furada num primeiro momento, mas se você pensar que vai aproveitar a maior parte do dia nas áreas comuns do navio, mesmo que a localização da cabine não seja a sua preferida, essa pode ser uma boa alternativa para economizar. 

Convide os amigos para essa viagem – Quanto maior o grupo, mais desconto as operadoras oferecem. Então, se você tem vários amigos ou parentes com vontade de fazer um cruzeiro, vale a pena um planejamento envolvendo todo mundo.

Troque reais por dólares em casas de câmbio de sua confiança – Nos navios, todo o consumo é cobrado em dólar. Sendo assim, a moeda passa a ser indispensável durante a viagem. O problema é que o câmbio dentro do navio costuma ser mais caro. Então, é sempre indicado que o passageiro troque dinheiro ainda em solo.

Não inclua a bebida alcoólica no seu “all inclusive” – Se você é daqueles que não consome álcool ou fica satisfeito com um copo apenas, não pague pela bebida alcoólica à vontade, inclua apenas água e refrigerantes no pacote. Só vale a pena incluir a bebida alcoólica no pacote se você pretender tomar mais de quatro ou cinco copos por dia.

Tags: férias planejamento financeiro sonho de consumo viagem viajar de navio

Veja mais