Vai viajar de carro? Planeje-se para evitar sustos

Antecedência garante uma viagem mais tranquila e econômica

Quando você planeja as férias com antecedência, o passeio começa muito antes da partida. “O ideal é fazer esse planejamento com seis meses ou mais. E a poupança para pagar a viagem deve começar ainda antes”, sugere o educador financeiro Silvio Bianchi, da DSOP Educação Financeira, de São Paulo. Então, mesmo se está pensando em passear no fim do ano, pegue caneta, caderno e calculadora e comece o seu planejamento desde já.

Quando partir: Evite os meses de férias, janeiro e julho, quando as estradas estão lotadas e os hotéis mais caros. Se for impossível, saia na segunda metade das férias e, de preferência, no meio da semana, para pegar as estradas mais tranquilas. Além de ser mais seguro, você evita congestionamentos, que causam maior consumo de combustível.

Revisão e seguro do veículo: O custo de uma revisão do carro deve constar do orçamento da viagem.  Afinal, se o carro quebrar na estrada os custos serão ainda maiores. Peça ao mecânico para dar uma boa checada no motor, pneus, suspensão, limpador de para-brisa e sistemas elétrico, de freio e embreagem.  E confira se carro está com a apólice de seguro em dia.

Refeições: Um isopor com água e frutas pode ser uma boa opção para economizar com refeições na estrada, onde os preços de lanches são sempre mais altos. Para o primeiro dia de viagem, a refeição poderá ser preparada em casa e para os demais, no caso de viagens que duram mais de um dia de estrada, os ingredientes poderão ser comprados em um supermercado perto do local de pernoite.

Quilometragem e combustível: Esse é um item que pesa bastante no bolso. Para fazer o cálculo de quilometragem, consulte um guia de viagens ou sites na Internet especializados em distâncias e rotas, como o Google Maps. Depois de saber a distância até o destino, é sempre bom calcular mais 10% na soma para os deslocamentos locais, como os passeios a pontos turísticos próximos.

O cálculo de combustível vai depender da quantidade de passageiros e bagagem e da cilindrada do motor.  Por exemplo: um carro flex 1.4, com gasolina comum, consome mais ou menos 1 litro de combustível a cada 12 km. Se a estimativa do percurso for de 4,8 mil quilômetros (mais os 10% de deslocamentos), o total será de aproximadamente 5,3 mil quilômetros – o que, dividido por 12 resultará em um gasto de, aproximadamente, 440 litros de gasolina comum. Lembre-se, porém, de que o preço do combustível varia conforme o município e o estado. Portanto, vale a pena pesquisar os preços na internet e fazer uma média considerando os três valores mais altos.

Tags: consumo orçamento qualidade de vida viagens

Veja mais